APLMMeA apresenta plataforma digital para promover negócios

Por Admin APL MMeA 28/02/2019

O evento de apresentação oficial da plataforma digital idealizada pelo APL - Arranjo Produtivo Local Metalmecânico e Automotivo da Serra Gaúcha reuniu mais de 150 empresários, autoridades e representantes de entidades e associações da região na noite de 21 de fevereiro, no Intercity Caxias. 

O presidente do APLMMeA, Ubiratã Rezler, abriu o encontro destacando o propósito do sistema inteligente, que é um ambiente facilitador de novos negócios, com potencial de conectar as pontas da cadeia produtiva de diferentes segmentos e criar oportunidades.

Em seguida, o coordenador do projeto, Antonio Xavier, apresentou a plataforma, disponível em formato online e que busca conectar demandas de novos produtos e serviços com empresas que possam atender estas solicitações utilizando, para isso, a capacidade produtiva já instalada nas empresas. Xavier explicou que as empresas ofertantes de capacidade produtivas cadastram toda a relação dos seus processos e serviços no endereço aplbomnegocio.com.br e as empresas demandantes de novos produtos, por sua vez, fazem o cadastro de suas necessidades.

“O próprio sistema, a cada demanda recebida, irá selecionar o melhor quadro de fornecedores que poderá entregar, de forma conjunta, o produto necessário para a empresa requerente”, pontuou.

Ao final, a plataforma foi exemplificada na prática pelo diretor da Softbyte, Juliano Paulo Menzel, que desenvolveu o projeto.

A meta do APLMMeA é encerrar 2019 cerca de 300 empresas cadastradas.O presidente do APLMMeA, Ubiratã Rezler, abriu o encontro destacando o propósito do sistema inteligente, que é um ambiente facilitador de novos negócios, com potencial de conectar as pontas da cadeia produtiva de diferentes segmentos e criar oportunidades.

Em seguida, o coordenador do projeto, Antonio Xavier, apresentou a plataforma, disponível em formato online e que busca conectar demandas de novos produtos e serviços com empresas que possam atender estas solicitações utilizando, para isso, a capacidade produtiva já instalada nas empresas. Xavier explicou que as empresas ofertantes de capacidade produtivas cadastram toda a relação dos seus processos e serviços no endereço aplbomnegocio.com.br e as empresas demandantes de novos produtos, por sua vez, fazem o cadastro de suas necessidades.

“O próprio sistema, a cada demanda recebida, irá selecionar o melhor quadro de fornecedores que poderá entregar, de forma conjunta, o produto necessário para a empresa requerente”, pontuou.

Ao final, a plataforma foi exemplificada na prática pelo diretor da Softbyte, Juliano Paulo Menzen, que desenvolveu o projeto.

A meta do APLMMeA é encerrar 2019 cerca de 300 empresas cadastradas.

APROVEITE E CADASTRE-SE CLICANDO NO MENU SUPERIOR A DIRETA.